sexta-feira, 19 de abril de 2013

A repressão na Venezuela em vídeos e áudio

Alguns leitores têm insistido para que eu apresente “provas” de que a violência que está ocorrendo na Venezuela, desde o anúncio no domingo 14 da fraudulenta vitória de Nicolás Maduro, parte do governo e seus paus mandados. A mim me parecia que os relatos, fotos e vídeos que tenho apresentado seriam suficientes mas vejo que não. Certamente algum iludido pela lavagem cerebral da mídia e universidades brasileiras quer ver o sangue espirrando da página do Notalatina e ver o assassino com a arma na mão ainda fumegando, para crer no que tenho denunciado.

Pois bem, está edição de hoje é quase que totalmente ilustrada por vídeos e um áudio, e é dedicada aos incrédulos ingênuos e aos espíritos de porco que teimam em jogar a culpa desta desordem na contabilidade da oposição. Cabe salientar que os cidadãos de bem da Venezuela também não têm direito a ter armas para se defender, pois se assim fosse, teria havido um banho de sangue de proporções inimagináveis nesses confrontos havidos nos últimos dias.

Para que se possa compreender a inconformidade dos venezuelanos com estas eleições, faço um rápido resumo dos fatos. Nas eleições para a presidência em 7 de outubro do ano passado, o CNE deu Chávez como vencedor, embora até as pedras tinham provas de que essa vitória ocorreu baseada em fraudes. Entretanto, naquela ocasião o opositor Henrique Capriles - não se sabe por quê - aceitou sem pestanejar que Chávez lhe roubasse a vitória e sequer pediu uma auditoria nas urnas. Morto Chávez, novamente Capriles é indicado pela MUD (Mesa de Unidade Nacional) como candidato da oposição contra Nicolás Maduro. Ocorre que, conforme apresentei na edição passada, as fraudes foram demasiadamente grandes e desta vez Capriles resolveu não aceitar mais que se lhe usurpasse o cargo e desrespeitasse os eleitores, e convocou a população para uma manifestação pacífica em frente às sedes do CNE em todo o país, para exigir que se fizesse uma auditoria em 100% dos votos.

Foi dado entrada no pedido oficialmente na segunda-feira 15, mas a presidente do órgão, Tibisay Lucena, demorou a acatar a solicitação e somente ontem disse que faria a re-contagem de 46% dos votos. Não sei se para não perder tudo, Capriles aceitou. Ocorre que os Castro tinham urgência em oficializar a investidura do cargo e ontem a UNASUR reuniu-se em caráter extraordinário em Lima, alegando uma avaliação do comportamento dos Estados Unidos de não aceitar essa vitória como válida até que se faça uma auditoria isenta. Aproveitaram, nesta ocasião, para anunciar a “intenção de um golpe de Estado” por parte da oposição, antecipando-se aos fatos.

Não resta dúvida de que a pressa em dar posse a Maduro partiu de quem de fato governa a Venezuela, desde dezembro passado, que é Cuba, porque depois de juramentado e empossado, todo e qualquer movimento que a oposição faça será visto como um golpe real, uma vez que Maduro agora está legal e constitucionalmente no cargo. Se, entretanto, houvesse na Venezuela respeito pelas leis e a Constituição, nada disto estaria acontecendo, pois Maduro usurpou o cargo desde que Chávez não apareceu para tomar posse em 10 de janeiro e, uma vez acatada a solicitação da auditoria, esta seria realizada num prazo de 30 dias - como regem as leis do CNE - e só depois se daria posse ao que de fato houvesse vencido com maioria de votos. Esta antecipação da posse é ilegal e inconstitucional, mas é sabido que entre comunistas as leis servem para ser aplicadas apenas aos inimigos.

Chegou às minhas mãos hoje à tarde uma informação que não posso deixar de compartilhar, nem que seja para futura averiguação. O site Dolar Today publicou uma matéria onde informava que as contas de correio de Diosdado Cabello, presidente da Assembléia Nacional (AN) haviam sido hackeadas, e dentre os correios estava um que lhe fora enviado por “Victor A. Marcial-Vega,MD”, desde Porto Rico, cujo título era: “O Vice-presidente Nicolás Maduro deixou o Presidente Chávez morrer”. Esse correio foi enviado no dia 5 de março, data em que foi anunciada a morte de Chávez, às 10:46 PM. As mensagens trocadas entre Cabello e várias outras pessoas podem ser vistas neste link, clicando no primeiro item da coluna ao lado esquerdo em azul, que indica haver um link.

Bem, disso muita gente suspeitava e tenho uma hipótese que pode não corresponder à realidade mas faz sentido. Maduro era o “ungido” dos Castro desde a década dos 80, conforme divulguei em edições anteriores, mas os Castro não podiam assumir o comando do país através de seu agente porque Chávez lhes servia bem, estava sempre com a carteira aberta e vinha tocando a “revolução socialista”. Quando lhe foi diagnosticado um câncer, Fidel insistiu para que ele fosse se tratar em Havana porque lá ele poderia ser eliminado sob o disfarce de uma “fatalidade”. O próprio Dr Rafael Marquina afirmou mais de uma vez que, se Chávez tivesse se tratado em outro país, muito provavelmente teria ficado curado. Mas não era isso que os Castro desejavam, pois estão velhos e sabem que lhes resta pouco tempo vida, daí a urgência em empossar Maduro, seu agente dócil às ordens superiores, fará TUDO o que o senhor rei mandar, como vem de fato fazendo.

Bem, mas para finalizar esta edição, deixo-os com um áudio onde o Diretor de Esportes do estado Zulia, Leonet Cabezas, anuncia a demissão de todos os funcionários que votaram em Capriles e ameaça até seus filhos. Neste áudio ele afirma que tem como saber em quem cada funcionário votou, mostrando um autoritarismo que marca bem este novo governo e que denuncia, sem saber, que o voto não é secreto. 


   



E em seguida a este áudio, vários vídeos feitos por pessoas escondidas em seus apartamentos, nas ruas, nas praças, em vários estados do país e na capital. Há um vídeo em que Diosdado Cabello diz na AN que os deputados opositores não mais terão direito à palavras. Serão parlamentares de pedra, com a palavra cassada! Mais provas de que são os bandos chavistas e a própria Guarda Nacional que estão provocando desordem, agressões e mortes, só indo lá pessoalmente para verificar. Fiquem com Deus e até a próxima!

Comentários: G. Salgueiro



27 comentários:

power2007 disse...

MALDITOS CANALHAS COMUNISTALHAS!
FRAUDADORES DE ELEIÇÕES.
SE CUIDEM OS BRASILEIROS!
DILMA E LULA FARÃO A MESMA COISA AQUI ANO QUE VEM...

G. Salgueiro disse...

Não tenho nenhuma dúvida porque isto é a Praxis comunista.

Abraços!

Anônimo disse...

Graça, obrigado pela informação. O importante é que esse blog é um canal de informação confiável.

Arthur Silva disse...

Parabéns pelo trabalho Graça Salgueiro! Excelente!

Anônimo disse...

Obrigado por trazer estas informações para o Brasil. A situação é muito pior do que está sendo noticiada.

http://dolartoday.com/cabelloleaks/attachment.7.REGISTRO_ELECTORAL_2012.docx

No documento acima é possível ver como é feita a colocação de centrais de registro de votos dos jovens venezuelanos. Em três regiões mais ou menos equivalentes, com 1 milhão de eleitores não registrados, o documento manda instruções para instalar 619 máquinas na região 1, com 1m de eleitores não registrados, de apoio maciço chavista, 611 na região 2, com 1.4m de eleitores não registrados, de apoio majoritariamente chavista, e apenas 70 na região de oposição, com 0.7m de eleitores.

É impressionante o teor destes documentos.

Anônimo disse...

Esses assassinos farão a mesma coisa no Brasil!!!
Nao se esqueçam, os brasileiros, que as tão elogiadas urnas eletrônicas de nossas eleições são o modo mais facil de fraudar o Processo eleitoral!!!

Sergio disse...

Não se pode esperar outra coisa do lixo da sociedade.
Sem idéias só lhes resta a violência.

Hermés disse...

Aqui tudo é mais sutíl e covarde: o nível de consciência da população foi rebaixado de maneira sutil e covarde com armas letais - canetadas e carimbos, estimulações contraditórias (Ivan Pavlov), apoio tácito dos reis da mídia ou as falácias travestidas de estado democrático de direito, programas televisivos alienadores, enfim, “eclipse da consciência” – estamos mal. O povo venezuelano nos ensinou, reagiu, demonstrou o juízo da consciência. O povo venezuelano está esgotado e infelizmente o comunismo deve ganhar mais tempo.

G. Salgueiro disse...

Meu estimado Hermés, você está coberto de razão!
O que mais me dói é ver - e admitir - a vitória do Foro de São Paulo que foi - e continua sendo - subestimado por tanta gente...
Veja que o projeto de Fidel, em 1990, agora é começa a dar seu mais suculentos frutos, com a posse de Maduro na Venezuela.
Se ele e Lula foram os fundadores do maldito FSP, o que nos espera agora para o Brasil? A parte do abutre assassino Fidel Castro está concluída, inclusive Raúl já avisou que só fica no poder até o fim desse mandato. Alguns interpretaram como uma "mudança" na política revolucionária mas, não, não é por isso: é porque já entronizaram seu sucessor na Venezuela que será fundida com Cuba.
E Lula, o que fará da parte que lhe cabe como fundador do Foro?
Dias nigérrimos se aproximam do nosso continente, lamentavelmente.
Grande abraço e obrigada por seu comentário!
MG

Anônimo disse...

você vai ser desmascarado, verme

Anônimo disse...

Graça vou pedir em minhas orações a Deus que coisas assim não venha acontecer aqui no Brasil
Agora vejo do que os militares nos livrou com o contra golpe
Obrigado por mais esta noticia faltante
RAFAEL MARCOS

Yuri Vieira disse...

Graça, só discordo quando você diz que se a população venezuelana tivesse armas, "teria havido um banho de sangue de proporções inimagináveis". Esses politiqueiros safados só têm essa coragem justamente porque a população não tem armas. Queria vê-los tentar algo semelhante na Suíça, onde cada casa possui algum gênero de arma pesada, uma vez que os cidadãos permanecem armados após se retirarem do serviço militar.

Aliás, é bom não nos esquecermos disso...

G. Salgueiro disse...

Olá, Yuri,

Mas o que você diz corrobora exatamente o que eu falei. Veja bem sua frase: "Esses politiqueiros safados só têm essa coragem justamente porque a população não tem armas".
Uma população armada reagiria aos ataques. Não se trata de "coragem" e sim covardia no mais alto grau, uma vez que as milícias que Chávez montou estão armadas com fuzis e metralhadoras.
Se a população estivesse armada e reagisse, essas milícias iriam para as ruas com armas desse calibre. E você acha que diante desse cenário não haveria um banho de sangue?
Abraços,
MG

Marcos - Sao Paulo disse...

Prezada Graça,

Enviei seu artigo para o site do Henry Makow, www.henrymakow.com
Ele tem geralmente 150 mil visitas para cada artigo.
Parabéns por seu excelente trabalho.

Marcos - São Paulo

G. Salgueiro disse...

Olá, Marcos, bom-dia!

Obrigada pela divulgação mas, pelo que vi, há um outro texto e outras fotos, apenas indicando o meu linkado no título, é isso mesmo? Isso levaria as pessoas ao meu blog?
É apenas uma dúvida mesmo, mas saiba que estou muito agradecida porque mesmo quem não entende português precisa ver os vídeos para perceber que a barbárie NÃO está sendo cometida pela oposição.
Grande abraço!
MG

Yuri Vieira disse...

É claro que se trata de covardia, Graça. É por isso que usei a forma irônica "essa coragem" e não simplesmente "coragem". E acho que só está havendo derramamento de sangue agora — porque já está havendo — porque os "bolivarianos" sabem que o povo, desarmado, não tem como se proteger. Se tivesse, ocorreria a mesma lógica da corrida armamentista durante a Guerra Fria: "ah, é? vocês têm armas? Então nós também temos", o que gerava um impasse fazendo com que cada qual ficasse na sua, sem dar o primeiro passo para a carnificina.
E obrigado por essa postagem! As pessoas precisam ver isso para entender o perigo que estão ignorando.
Abraço!

G. Salgueiro disse...

Concordo com você, Yuri, mas, mesmo assim, os canalhas bolivarianos não iriam recuar porque eles sabem que suas armas são mais poderosas e em maior número.
Nada naquele país pode ser comparado a qualquer outra situação em países democráticos. O que é lógico para os Estados Unidos, Suíça ou Alemanha, não serve para a Venezuela porque a lógica deles é a lógica comunista, terrorista: quanto mais houver reação, mais eles atacam usando o bordão da "combinação de todas as formas de luta". E seria uma luta desigual demais!
Já está havendo derramamento de sangue mas ainda é pouco (8 mortes) se comparado aos dois lados armados, onde um tem um poder bélico mais avançado e em maior número, e o outro luta com poucas armas e de baixo calibre, entende?
Quanto à divulgação, agradeço sensibilizada porque o Brasil PRECISA saber disso, e saber que o governo da terrorista não só apóia a patifaria com é parte dela através do Foro de São Paulo.
Abração!

Alexandre, The Great disse...

El pueblo ordenado y trabajador de Venezuela no pueden intimidar y desmovilizar. Sufrir años de sumisión y el agotamiento (véase Cuba). Capriles no puede volver atrás, no sea jamás reunido una pandilla que lo apoya. Conviértete en un preso político puede ser una solución, lo que queda de la oposición en el Parlamento tienen que unirse a los militares disidentes del régimen de Castro, pero será sumisa y cautiva durante 50 años.

G. Salgueiro disse...

Alexandre, The Great,

Você poderia escrever em português, por favor? O que você tentou escrever em espanhol é completamente contraditório e repleto de erros, sem sentido, e gostaria de entender o que de fato você quis dizer.
Só publiquei seu comentário para lhe pedir isso, porque finalmente não entendi se você defende a resistência pacífica ou não. Além disso, chamar os seguidores de Capriles de "bando" é, no mínimo, não saber quem são eles ou o que significa "pandilla".
Att.,
MG

Alexandre, The Great disse...

Peço desculpas, Graça! Meu texto em português é este:
O povo ordeiro e trabalhador da Venezuela não pode se intimidar e desmobilizar. Sofrerão anos de submissão e empobrecimento (vide Cuba). Capriles não pode retroceder, sob pena de jamais conseguir reunir a legião que o apóia. Tornar-se um preso político pode ser uma solução; o que resta de oposição no Parlamento tem que se unir aos militares dissidentes do regime castrista, senão ficarão cativos e submissos por 50 anos.

Anônimo disse...

Olá Graça, confesso que em dado momento vendo aos vídeos as lágrimas acabaram caindo. Isso é muito triste. Não há mais democracia na Venezuela desde Chavez. E pensar que queriam (ainda querem) fazer o mesmo em nosso Brasil e em toda América Latina...
Que Deus ilumine os seus passos...

Fábio L.

Marcio disse...

Confesso que, assim como o Anônimo acima, também fui tomado por um sentimento de tristeza ao ver esses vídeos.

Ser oprimido é a pior coisa para um ser humano.

O povo venezuelano não merece isso.

RioD'oiro disse...

Cuba está a "investir" fortemente na Venezuela. Precisa de borla no petróleo:

http://ab-logando.blogspot.pt/2013/05/o-nazismo-cubano-socialista-segue-o-seu.html

Anônimo disse...

Em frente a verdade os esquerdistas fanáticos colocam a culpa da resistência a Maduro na CIA ou em qualquer bosta que vem a cabeça deles. Incrível, para esse bando de palhaço a liberdade não tem importancia alguma, principalmente quando ela está contra a ideologia deles. Verdadeiros psicopatas.

Marcos disse...

Caríssima Graça,
lhe agradeço demais por essa matéria. Eu fui um dos que pediu por esses registros na matéria anterior, mas não por descrédito do que a senhora nos apresentou. Seguramente devo ter me expressado mal, peço-lhe desculpas se pareci deselegante. Tenho acompanhado seu site há mais de um ano, de forma que não me resta nenhuma dúvida quanto a veracidade dos fatos e à sua idoneidade. O problema (acredito ser comum a muitos que acompanham seu site) é que quando tentamos falar disso aos outros somos frequentemente encarados com descrédito. Predomina aquele pensamento de que "não é verdade porque não saiu na TV". Penso que se pudermos dar às pessoas uma montanha de evidências/provas daquilo que estamos afirmando, mesmo os mais céticos poderão acreditar. Naturalmente ainda restam os cegos por ideologias ou mentes deturpadas, mas quanto a estes, pouco podemos fazer.
Mais uma vez, muito obrigado e que Deus a abençoe nessa cruzada.

G. Salgueiro disse...

Boa-noite, Marcos,

Minha decisão em fazer esta edição com tantas provas em vídeos não foi só por sua causa. A coisa surgiu com mais força no Facebook, onde sempre há aqueles espíritos de porco que se iludem com as mentiras publicadas pelos jornais nacionais, que sabemos são todos de esquerda.
Independente disso, acreditei que isto era necessário, mesmo que ninguém houvesse me pedido "provas", mas o recadinho do início não se dirigiu a você.
Grande abraço e obrigada pelo apoio.
MG

paralelo disse...

Obrigado pela informação, hoje em dia não é fácil encontrar fontes de informação confiáveis​​.